segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL X CÂNCER

As recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre alimentação para prevenção do câncer envolvem o consumo de frutas, legumes e verduras - pelo menos 5 porções diárias - e de cereais integrais e grãos. Mas, segundo estudo do Instituto Nacional de Câncer (INCA), 27% dos brasileiros afirmam que a alimentação não tem relação com a doença.

Por diversos mecanismos, o consumo desses alimentos, inibem a mutação de células que desencadeiam o câncer ou, se o processo está iniciado, atuam de forma a dificultar a multiplicação das células do tumor.

Alguns tumores estão associados de forma mais direta a hábitos alimentares inadequados - como estômago e intestino, por exemplo, que ainda figuram entre as seis primeiras causas de mortalidade por câncer no Brasil. Já a obesidade, que atinge 12,5% dos homens e 16,9% das mulheres, está ligada ao câncer  de mama, endométrio, esôfago e intestino, entre outros.

 
RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES PARA PREVENÇÃO DO CÂNCER:

RECOMENDAÇÃO 1: SEJA O MAIS MAGRO QUANTO POSSÍVEL DENTRO DOS LIMITES NORMAIS DE PESO CORPORAL.
A manutenção de um peso saudável ao longo da vida pode ser uma das formas mais importantes de se proteger contra o câncer, além de também proteger contra diversas outras doenças crônicas comuns.


RECOMENDAÇÃO 2: MANTENHA-SE FISICAMENTE ATIVO COMO PARTE DA ROTINA DIÁRIA.
A maioria das populações e indivíduos que vivem em ambientes urbanos e industrializados tem níveis de atividade abaixo dos níveis aos quais os homens estão adaptados.


RECOMENDAÇÃO 3: LIMITE O CONSUMO DE ALIMENTOS COM ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA E EVITE BEBIDAS AÇUCARADAS.
Alimentos com alta densidade energética são definidos como aqueles com um conteúdo de energia de mais de 225-275 Kcal por 100g.
Os padrões alimentares compostos principalmente por alimentos processados, que frequentemente contêm grandes quantidades de gordura e/ou açúcar, tendem a ter maior densidade de energia do que padrões alimentares que contêm grandes quantidades de alimentos frescos.

RECOMENDAÇÃO 4: CONSUMA PRINCIPALMENTE ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL.
Uma alimentação denominada de base vegetal enfatiza alimentos de origem vegetal ricos em nutrientes, em fibras dietéticas e com baixa densidade energética.



RECOMENDAÇÃO 5: LIMITE O CONSUMO DE CARNES VERMELHAS E EVITE CARNES PROCESSADAS.
As pessoas que comem carne vermelha (boi, porco,cordeiro, cabra) regularmente devem consumir menos de 500g por semana, incluindo pouca ou nenhuma quantidade de carne processada (carnes preservadas por defumação, curadas ou salgadas, ou pela adição de produtos químicos de preservação incluindo aqueles contidos em alimentos processados).

RECOMENDAÇÃO 6: LIMITE O CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS.
O consumo deve ser limitado a não mais que dois drinques por dia para homens e um drinque por dia para mulheres.

RECOMENDAÇÃO 7: LIMITE O CONSUMO DE SAL.
O consumo médio de sal de todas as fontes alimentares deve ser menor que 5g (2g de sódio) por dia.

RECOMENDAÇÃO 8: NÃO CONSUMA CEREAIS E GRÃOS MOFADOS.
As aflatoxinas, produzidas por fungos quando cereais e grãos são estocados por um período excessivamente longo em temperaturas quentes, constituem uma causa convincente de câncer do fígado.

RECOMENDAÇÃO 9: NÃO CONSUMA SUPLEMENTOS ALIMENTARES: ALCANCE AS NECESSIDADES NUTRICIONAIS APENAS POR INTERMÉDIO DA ALIMENTAÇÃO.
As melhores fontes de nutrientes são os alimentos, e não os suplementos alimentares.

RECOMENDAÇÃO 10: AS MÃES DEVEM AMAMENTAR; AS CRIANÇAS DEVEM SER AMAMENTADAS.
A amamentação protege tanto a mãe quanto a criança.
As crianças devem ser amamentadas exclusivamente até os seis meses de idade.
A amamentação protege contra infecções na infância, protege o desenvolvimento do sistema imunológico imaturo, protege contra outras doenças da infância e é vital para o desenvolvimento do vínculo entre mãe e filho.

SAÚDE!
Maíra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário